12/03/07

5/1/2007

Fechar os olhos e continuar a ver. Fechar os olhos e voltar a sentir tudo de novo, como se nascêssemos outra vez, tudo de novo. Fechar os olhos sem contornar a ilusão de que tudo pode ficar igual. Fechar os olhos, apenas para que sonhar seja mais confortável. Fechar os olhos para que tudo, filtrado pela doçura das pálpebras, seja mais suportável. Fechar os olhos para poder sentir, pouco a pouco, a luz, as cores, e voltar a sentir tudo de novo, como se nascêssemos outra vez. Fechar os olhos, mesmo que seja para voltar a abri-los, assim, pela última vez.

You can taste your fear
It's gonna lift you up and take you out of here...

Intervention, Neon Bible, The Arcade Fire

1 comentário:

Blas Torillo disse...

Cerrar lo ojos, porque así nos mantenemos vivos de nuevo. Nos sentimos vivos, como volver a nacer, dices bien.

A veces cerrar los ojos es ya el último de nuestros refugios. Lo único que queda.

Salu2 y un abrazo amigo.