14/10/08

Gosto das manhãs cinzentas, de chuva mansa. Gosto desse carinho sobre a pele, do desconforto da roupa lentamente molhada no corpo e das gotas a escorrer pelas pálpebras. Lava e cura como as lágrimas, sem o sabor cortante do sal. Gosto de pestanejar lentamente, deixando os olhos fechados por um par de segundos. Abro-os depois e o cinzento do céu fica de um quase branco, luminoso, de braços abertos. Como tudo muda, gosto de manhãs cinzentas, de chuva mansa, pela certeza de que virão outras cores, outra luz, outra água, com sal ou não.

14 comentários:

JPD disse...

Boa noite, Baudolino

Obrigado pela visita.
Gostei do teu espaço e não deixarei de voltar.
Esforçar-me-ei para merecer essa retribuição.

Quanto ao gosto e à cultura dos dias mansamente molhados, estou dividido.
Alturas há que aprecio a amenidade mas desejo, quase a seguir, que se não prolongue,i é, dois três dias depois se deixe rasgar por um sol franco.
Serei muito meridional, precisarei de muito sol.
Voila!

(Gostaste de ler «BAUDOLINO» do Uberto Eco?

Helena disse...

Belo hino...

MySelf disse...

Gosto das tuas palavras

vida de vidro disse...

Por vezes também gosto... Mas, de certeza, gostei da tua escrita.
Obrigada pela visita. **

Graça Pires disse...

Gosto de passar por aqui, embora às vezes não comente. Gosto deste texto.
Um abraço.

JRL disse...

Também eu gosto de fazer o mesmo. E gosto de o ler. Um abraço.

jguerra disse...

Por acaso gosto disso também. Nem sempre, mas sabe-me bem por vezes setir as gotas de chuva penetrando no corpo, escorrendo como lágrimas que me limpam.
Sei que não és dado a estes presentes, mas não resito em oferecê-lo. Passa pelo meu blog.
Abraço

mafalda disse...

Formidável este texto, Baudolino. Há muito que não vinha aqui, nem sequer agradecer as visitas que me tens feito e os gentis comentários que tens deixado.
Hoje venho para ficar!
Ora vamos lá pôr em dia a leitura das "palavras juntas por ti".
Beijos, meu amigo.

Claudia Sousa Dias disse...

que giro...não é muito vulgar, gostar-se de manhãs cinzentas e com chuva...

rtp disse...

Como sempre, muito belo!
E eu até nem gosto de manhãs cinzentas e de chuva! :-)

du disse...

já não lia algo que gostasse tanto há muito tempo.

mar disse...

com sal(sff)

e é bonito aqui

sempre

Maresia disse...

Também gosto!!!

Blas Torillo disse...

A mí no me gustan mucho las mañanas grises, pero si me gusta mucho venir a leer-te.

Salu2 Bau.

PS: Gracias por el email. Seguimos en contacto.